30 de março de 2011

Semear




Agora
É o tempo de sonhar.
Depois
É preparar a terra,
Semear com zelo
O que foi sonhado,
Celebrar o sol,
Bendizer a chuva,
Acalentar o enredo
Da gestação.

Conquista
É a alegria do plantio,
Embora a incerteza
Da colheita.

Do livro "Pequeno tratado sobre o grande nada & outras insignificâncias".

2 comentários:

Berzé disse...

Grandes insignificâncias Adlei!
Abração!
Berzé

Ádlei Duarte de Carvalho disse...

Hehehe... Obrigado, Berzé!

Grande abraço pra você também!