11 de dezembro de 2010

Vagante

Devagar
Voga a luz
A vaga lua.
Vou,
Vaga-lume
A divagar.

Volúvel
Piscadela,
Varo ventos,
Verto versos,
Vivo
A volitar.

Poema do livro Todas as palavras de amor.

3 comentários:

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Beleza!

Grande abraço.

Berzé disse...

Adlei em conta gotas. Mas,quando vem, vale a espera.
Bonito amigo!
Berzé

Ádlei Duarte de Carvalho disse...

CC e Berzé,

Obrigado, queridos!